Queda do dólar faz turistas voltarem a procurar viagens ao exterior

Segundo o portal G1, após começar o ano cotado a R$ 3,94, o dólar comercial terminou o primeiro semestre de 2016 rondando o patamar de R$ 3,20. A queda da moeda tem feito turistas que haviam adiado viagens ao exterior voltarem a considerar os planos de visitar outros países.

É o que disseram ao G1 profissionais de agências de viagem. Segundo eles, a procura por pacotes turísticos internacionais voltou a crescer após a baixa do ano passado, especialmente nos últimos dias, com a recente queda da moeda.

Para quem tem viagem marcada, é hora de comprar dólar?
Mesmo em momentos de alta ou queda brusca do dólar, a recomendação dos especialistas é evitar fazer “previsões” para escolher o momento da compra da moeda para viajar.

“Fazer previsões obre o dólar é sempre complicado, é mais ou menos que nem acertar o sexo do bebê durante a gravidez sem ultrassom. O que a gente sugere é prestar atenção no valor médio”, diz José Eduardo Balian, professor da Faculdade de Administração da FAAP. “A sugestão é: vá comprando em período diferentes.”

Para quem tem viagem marcada, é hora de comprar dólar?
Mesmo em momentos de alta ou queda brusca do dólar, a recomendação dos especialistas é evitar fazer “previsões” para escolher o momento da compra da moeda para viajar.

“Fazer previsões obre o dólar é sempre complicado, é mais ou menos que nem acertar o sexo do bebê durante a gravidez sem ultrassom. O que a gente sugere é prestar atenção no valor médio”, diz José Eduardo Balian, professor da Faculdade de Administração da FAAP. “A sugestão é: vá comprando em período diferentes.”
Notas de dólar
Recomendação para o turista que precisa adquirir moeda é dividir a compra em partes (Foto: Reuters)

Isso significa que a recomendação para o turista que vai viajar daqui a três meses, por exemplo, é de dividir a compra, adquirindo um pouco de dólares a cada mês, por exemplo. Assim, no final, terá comprado a moeda pelo valor médio daquele período. “O valor médio é mais interessante que o valor específico do momento”, diz Balian.
é difícil saber o que vai acontecer na semana. Por isso o valor médio pode ser uma solução”
José Eduardo Balian, professor da FAAP

“É duro saber o momento certo de comprar. Se você vai viajar, compre um pouco hoje, um pouco amanhã, depois de amanhã, semana que vem, e analise o valor médio. Agora, claro, se você não comprou a moeda ainda e vai viajar agora, com essa queda é um bom momento. Mas é difícil saber o que vai acontecer na semana que vem, de repente estoura uma bomba, acontece outro escândalo, uma coisa muito séria, e aí o dólar vai subir de novo. Por isso o valor médio pode ser uma solução.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *